Receita bate recorde histórico de arrecadação em 2006

A Receita Federal bateu um novo recorde ao arrecadar R$ 392,542 bilhões no ano passado. O resultado mostra um crescimento real (acima da inflação pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo - IPCA), de 4,48% e nominal (a preços correntes) de 8,83% sobre o ano de 2005.As receitas de impostos e contribuições administradas pela Receita Federal totalizaram R$ 372,267 bilhões no ano passado, com crescimento real de 4,09% sobre janeiro a dezembro de 2005. Já as demais receitas (taxas e contribuições controladas por outros órgãos) totalizaram R$ 20,276 bilhões, com crescimento real de 12,36% sobre janeiro a dezembro de 2005.DezembroDados divulgados nesta quinta-feira pelo Fisco mostram que a arrecadação de dezembro foi a maior da história para todos os meses e totalizou R$ 39,031 bilhões, com crescimento real de 3,28% sobre dezembro de 2005 e nominal de 6,52%. Em relação a novembro de 2006, a arrecadação teve um crescimento real de 25,82% e nominal de 26,42%.Em dezembro de 2006, as receitas administradas totalizaram R$ 38,117 bilhões e as demais receitas, R$ 914 milhões.PrevidênciaA Secretaria da Receita Federal informou que a receita previdenciária atingiu, em dezembro do ano passado, o valor de R$ 17,731 bilhões. O número, de acordo com a Receita Federal, também é recorde histórico.A Receita ressalta que o mês de dezembro é marcado pelo recolhimento para a Previdência Social dos valores referentes ao pagamento do 13º salário. Durante todo o ano de 2006, a receita da Previdência somou R$ 133,137 bilhões. Em termos reais, o rendimento da Previdência apresentou no ano passado um crescimento de 10,35% (considerando o IPCA). Em termos nominais, a expansão foi de 14,88%.Em 2005, a receita da Previdência havia sido de R$ 115,896 bilhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.