Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Receita cancelará 3 milhões de CPFs em janeiro

O coordenador do programa do Imposto de Renda da Receita Federal, Luiz Carlos Rocha de Oliveira, afirmou que cerca de 3 milhões de contribuintes poderão ter seu Cadastro de Pessoa Física (CPF) cancelado no dia 15 de janeiro. O cancelamento vai atingir quem não entregou a declaração do Imposto de Renda ou a declaração de isento nos últimos dois anos.Segundo Luiz Rocha, o cadastro da Receita fechou o ano 2000 com 32 milhões de CPFs cancelados. A instituição realizará um novo levantamento em seu cadastro no próximo dia 15. Nesta nova remessa de cancelamento, dos 120 milhões de documentos registrados na Receita, 35 milhões poderão ficar sem a validade. O prazo de regularização para os contribuintes que estavam com a situação pendente em 1999 venceu no dia 30 de dezembro do ano passado. Contribuinte ainda pode regularizar sua situaçãoO cancelamento do documento não é irreversível. O contribuinte que ainda não entregou a declaração de isento ou de ajuste anual do exercício 2000 pode regularizar a situação. Ele deve informar os dados dos dois últimos anos pelo site da Receita Federal (veja link abaixo) ou nas unidades da Receita. Os isentos (que recebem até R$ 900,00 mensais ou R$ 10.800,00 por ano) devem entregar um pedido de regularização no Banco do Brasil, Caixa ou Correios, pagando R$ 4,50.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.