Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Receita de cartões de crédito deve crescer 17,3% em maio

O mercado brasileiro de cartões de crédito deve movimentar em maio R$ 6,6 bilhões, o que representará um aumento de 17,3% em relação a maio do ano passado, de acordo com estimativas da Credicard, que realiza análises mensais do mercado. Na comparação com abril, o faturamento deve registrar variação de 5,8%. O número médio de transações, segundo a estimativa, ficará em 85 milhões e o valor da compra média, em R$ 78. O mercado fechará o mês com volume de 41,3 milhões de plásticos emitidos. Neste ano, o faturamento acumulado até maio é estimado em R$ 32 milhões ou 21,6% a mais que no período de janeiro a maio de 2002. RegiõesA Credicard também divulgou hoje estudo sobre "Regionalização e o Cartão de Crédito". O levantamento constatou que as Regiões Norte e Nordeste do País foram as que apresentaram o maior crescimento do volume de cartões em circulação entre 2000 e 2002, passando a representar uma participação no total de 19% (2002) ante 13% (2000). Em relação ao faturamento, a participação passou de 21% para 22%, enquanto que a Região Sudeste, na mesma comparação, caiu de 67% para 66%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.