Receita de empresas informais chega a R$ 17,6 bi

As empresas informais - microempreendimentos com até cinco empregados e profissionais autônomos - pesquisadas pelo IBGE no levantamento sobre informalidade divulgado hoje tiveram, em outubro de 2003, receita mensal de R$ 17,6 bilhões. "Isto representa, mais ou menos, 6% do PIB do País", disse o presidente do IBGE, Eduardo Nunes.Foi uma redução em relação ao primeiro levantamento do tipo, feito em 1997, que concluiu que os cerca de R$ 20 bilhões movimentados na época pelas empresas informais correspondiam a 8% do PIB. A pesquisa conclui que, embora tenha crescido em número de pessoas, a informalidade no Brasil perdeu peso na geração de renda."A redução de participação no PIB e o investimento que vendo sendo constatado nas micro e pequenas informais apesar disso mostra a acirrada competição no setor e até a saturação do mercado informal", conclui o diretor técnico do Sebrae Luis Carlos Barbosa. Ele informa que hoje, no País, para cada empresa formal existem duas informais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.