Receita e PF fazem operação contra contrabando

A Receita e a Polícia Federal estão realizando na manhã de hoje a Operação Hidra contra uma quadrilha especializada em contrabando e descaminho. Segundo a Polícia Federal esta é a maior quadrilha de contrabando de eletroeletrônicos, equipamentos médicos e odontológicos do País. Eles agiam principalmente em áreas próximas à fronteira entre Brasil e Paraguai, como o município de Maringá, no Paraná. Foram expedidos 87 mandados de prisão e 146 mandados de busca e apreensão nos Estados do Paraná, de Mato Grosso, de Mato Grosso do Sul e de São Paulo. Sete pessoas já foram presas no Paraná, entre elas o chefe da quadrilha, o empresário José Doniseth Balan. Segundo a PF, as empresas de transporte Trans Balan seriam usadas como fachada para o contrabando. Cerca de 30 veículos de grande porte, como caminhões e carretas, que eram utilizadas para o transporte de mercadorias, já foram apreendidos. Balan já estava sendo investigado pela PF desde 2002. Já as investigações da Operação Hidra foram iniciadas em junho do ano passado pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal, com apoio da inteligência da Receita Federal. Mais de 650 policiais federais estão realizando a operação.

Agencia Estado,

04 Maio 2005 | 10h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.