-15%

E-Investidor: como a queda do PIB afeta o mercado financeiro

Receita estima em R$ 10 bi perda com correção da tabela do IR

O secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, que o governo perderá entre R$ 9 bilhões e R$ 10 bilhões, caso haja correção em torno de 56% na tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física, como propõe projeto aprovado semana passada pela comissão. Rachid lembrou que a arrecadação do IRPF é entre R$ 22 bilhões e R$ 23 bilhões por ano e que 47% de toda a arrecadação do IRPF são transferidos para os governos estaduais e municipais. Portanto, segundo ele, Estados e municípios terão uma perda efetiva de arrecadação.Na semana passada, a Comisssão de Finanças aprovou projeto do então deputado e hoje ministro do Trabalho, Ricardo Berzoini, que prevê a correção da tabela em 56%. Reuniões como a de hoje são realizadas todos os meses para a Receita prestar contas sobre a arrecadação mensal de impostos e contribuições federais.O secretário disse que a Receita está estudando uma revisão da tabela e que o Ministério da Fazenda deverá apresentar, na próxima semana, uma proposta "efetiva, concreta e satisfatória" para os trabalhadores e o governo.Essa proposta será discutida na reunião que o ministro da Fazenda, Antonio Palocci, terá em 1º de junho com dirigentes da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC paulista. Rachid disse que não há, ainda, nada definido sobre a proposta. Sobre a possibilidade de se fazer uma correção na tabela ainda este ano, ele lembrou que o Orçamento da União já está em execução.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.