Receita Federal suspende 7,9 milhões de CPFs

Número de CPFs irregulares de contribuintes que não declararam no último ano chega a 21,6 milhões

Agência Estado,

07 de março de 2008 | 20h28

A Receita Federal suspendeu hoje 7,9 milhões de CPFs (Cadastros de Pessoa Física) de contribuintes que deixaram de apresentar a Declaração de Isento ou a de ajuste anual do Imposto de Renda nos dois últimos anos. No ano passado foram suspensos 8,27 milhões de documentos. Segundo a Receita, o número de CPFs irregulares de contribuintes que não declararam no último ano chega a 21,6 milhões.   Quem estiver com o CPF irregular fica impedido, por exemplo, de abrir conta bancária, pedir crediário, tirar passaporte, participar de concurso público e receber benefícios da Previdência.   Os contribuintes podem consultar a situação cadastral do documento pela página da Receita Federal na internet ou pelo telefone 0300-789-0300.

Tudo o que sabemos sobre:
Receita Federal

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.