coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Receita informa na quinta se contribuinte caiu na malha fina

A partir das 8 horas de quinta-feira, dia 8, o contribuinte poderá consultar no site da Receita Federal ou pelo Receitafone (0300-780300)o primeiro lote de restituição do Imposto de Renda do exercício de 2006, ano-base 2005. Na internet, a novidade é que o contribuinte já saberá se caiu na malha fina.Para isso, no site da Receita, basta clicar no link ?Onde Encontro?, localizado à esquerda da tela do site da Receita Federal, seguido de ?Extrato da DIRPF?. Aparecerá uma tela ? IRPF - Extrato Simplificado do Processamento? , com espaços para serem preenchidos com o CPF do declarante, número do recibo de entrega da declaração e o código impresso ao lado. Depois é só clicar em consulta e aparecerá o extrato da declaração. Caso tenha caído na malha-fina saberá as razões. Entre elas estão despesas médicas incompatíveis e omissão de fonte pagadora. Com essas informações, o contribuinte terá condições de fazer uma revisão na cópia da declaração para verificar se será o caso de entregar uma outra retificadora.Dinheiro estará disponível no dia 16O dinheiro, que estará disponível para saque no dia 16, virá com correção de 2,28%, referentes à taxa Selic de maio e 1% de junho. Quem não informou a conta corrente para crédito da restituição poderá ir a uma agência do Banco do Brasil ou ligar para 4004-0001 nas capitais ou 0800-729-0001 nas demais localidades e pedir a transferência do dinheiro para qualquer banco em que seja correntista.Nesse primeiro lote a Receita Federal vai liberar a restituição do Imposto de Renda para 1.222.234 pessoas, no total de R$ 1.299.999.969,68. A maior parte dos contribuintes que estarão nesse primeiro lote, 913.529, são pessoas com mais de 60 anos, que têm prioridade em cumprimento ao Estatuto do Idoso.Ao todo, foram liberadas 13.596.098 declarações, das quais 10.058.913 para contribuintes que tiveram saldo zero de imposto. Outras 2.314.951 de pessoas que terão imposto a pagar, no valor de R$ 3.689.807.158,10. A Receita lembra que o valor disponível no banco não terá nenhum outro acréscimo, independentemente da data em que for sacado. A restituição ficará disponível no banco pelo prazo de um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse tempo, deverá requerê-la mediante o Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, disponível na internet.

Agencia Estado,

06 de junho de 2006 | 17h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.