Receita oferece programa de IR para Linux e Machintosh

A Receita Federal colocou nesta segunda-feira à disposição dos contribuintes uma versão Java do programa de Imposto de Renda de 2004. Essa versão poderá ser utilizada em qualquer sistema operacional, como Linux e os usados no Machintosh e no próprio Windows. De acordo com o supervisor nacional do Imposto de Renda, Joaquim Adir, essa nova versão do programa é mais leve e não dispõe de quadros de mensagens ou advertências, como no sistema já disponível, que é compatível apenas com o Windows. A versão Java não pode ser utilizada por qualquer pessoa. Segundo Adir, os contribuintes que obtiveram em 2003 ganho de capital com a alienação de bens ou direitos, sujeitos à incidência de imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias ou assemelhados não poderão fazer uso do sistema. O veto também vale para aqueles que obtiveram receitas da atividade rural no ano passado.

Agencia Estado,

15 Março 2004 | 19h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.