Recessão grega piora no 4o tri; plano para dívida sob risco

A economia da Grécia encolheu mais que o esperado, 0,8 por cento no quarto trimestre, e dados oficiais nesta sexta-feira também mostraram revisões negativas para os outros três trimestres do ano passado, indicando o aprofundamento da recessão.

REUTERS

12 de fevereiro de 2010 | 09h47

A contração do quarto trimestre foi maior que a prevista em uma pesquisa da Reuters, de 0,5 por cento, e seguiu a queda revisada de 0,5 por cento do trimestre anterior. A agência estatísticas nacional da Grécia tinha informado uma queda trimestral de 0,4 por cento no terceiro trimestre.

A economia grega encolheu 2,6 por cento em uma base anual, após uma queda anual revisada de 2,5 por cento no último trimestre de 2009, que tinha sido inicialmente avaliada em 1,7 por cento.

Economistas disseram que os dados sugerem que a Grécia encolheu cerca de 2 por cento no ano passado como um todo, indicando problemas para o plano do governo grego de reduzir o seu déficit exorbitante e sair da crise de dívida.

"A previsão (de crescimento) do governo grego é muito otimista", disse Ben May, da Capital Economics. "Isso será outro fator que fará o ajuste fiscal que a Grécia está tentando alcançar muito difícil."

O governo socialista da Grécia prevê que a economia de 250 bilhões de euros do país voltará a crescer na segunda metade deste ano, depois de entrar na sua primeira recessão em 16 anos em 2009.

(Reportagem de George Georgiopoulos)

Tudo o que sabemos sobre:
MACRO, GRECIA, PIB*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.