Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Recessão nos EUA pode estar acabando, sugere índice

A economia dos Estados Unidos pode ter saído da recessão em setembro, de acordo com dados publicados hoje pelo Federal Reserve (Fed, banco central norte-americano) de Chicago, embora o índice que mede a atividade nacional tenha caído em setembro para -0,81, de -0,65 em agosto. A média móvel em três meses do índice subiu para -0,63, de -0,96 em agosto, no oitavo ganho consecutivo, que colocou o dado acima de um marco estatístico acompanhado por economistas. O índice é um compêndio de dados econômicos existentes e estimados, e o Fed de Chicago disse que, em cada uma das últimas quatro recessões, o primeiro mês que esse índice passou de -0,70 "coincidiu de perto com o fim de cada recessão, conforme determinada pelo Birô Nacional de Pesquisa Econômica (NBER)".

NATHÁLIA FERREIRA, Agencia Estado

26 de outubro de 2009 | 11h00

Uma pesquisa publicada no mês passado pelo economista do Fed de Chicago Scott Brave sugeriu que o índice havia tido bom desempenho em determinar os períodos de começo da recessão e da recuperação. O Fed de Chicago informou que o índice de atividade de setembro foi prejudicado pela queda nos dados de produção, consumo e imóveis. Os números de emprego, vendas, encomendas e estoques melhoraram no mês passado. O dado de atividade de agosto foi revisado em relação à estimativa original de -0,90. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
criseEUAatividade

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.