Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Reclamações de empresários foram diversificadas, diz Meirelles

Presidente do BC brinca e diz que 'sobrou para todo o mundo' em reunião de executivos com Lula em Brasília

Fernando Nakagawa, da Agência Estado,

11 de dezembro de 2008 | 14h36

O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, afirmou que as reclamações dos empresários sobre a situação econômica do País foram "diversificadas", durante a reunião no Palácio do Planalto. "Sobrou para todo o mundo", disse, em tom de brincadeira. Meirelles fez a afirmação durante o almoço de fim de ano da Associação Nacional de Jornais, em um hotel em Brasília.  Veja também:Medidas de alívio fiscal devem somar R$ 10 bilhõesLula encontra empresários e deve anunciar corte de impostosDesemprego, a terceira fase da crise financeira globalDe olho nos sintomas da crise econômica Dicionário da crise Lições de 29Como o mundo reage à crise   O presidente Luiz Inácio Lula da Silva está reunido há mais de duas horas com cerca de 30 empresários de diversos setores para discutir a situação econômica do País. A previsão era de que, se aprovado, o minipacote seria divulgado após o encontro.  Embora esperada pelo mercado, a manutenção pelo Banco Central da taxa básica de juros (Selic) em 13,75% ao ano recebeu críticas do empresariado e de sindicalistas, que ainda tinham esperanças de que a redução poderia ter início neste mês, para diminuir os impactos da crise internacional. A decisão, na visão deles, frustra as expectativas de mudança do cenário para o início de 2009.  (com Fabio Graner e Leonardo Goy, da Agência Estado)

Tudo o que sabemos sobre:
Henrique MeirellesBCcrise nos EUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.