Recolhimento do imposto começa no dia 5 de outubro

O Ministério da Fazenda fez ontem um esclarecimento sobre a forma de recolhimento de IOF sobre as operações de derivativos atingidas pela nova medida. O recolhimento diário do IOF deve começar a ser feito a partir de 5 de outubro, mas a apuração deve ser retroativa a anteontem.

, O Estado de S.Paulo

29 de julho de 2011 | 00h00

Com isso, investidores retomaram compras, dando suporte ao dólar ontem. O governo definiu uma alíquota de 1% de IOF sobre aquisição, venda ou vencimento de derivativos cambiais que resultem no aumento da exposição vendida das instituições financeiras em relação ao dia anterior superior a US$ 10 milhões.

O governo também autorizou o Conselho Monetário Nacional (CMN) a definir regras específicas para as negociações no mercado de derivativos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.