Recorde na Bolsa eleva valor de empresas para R$ 2 trilhões

A lista é liderada por Petrobras, com valor de mercado de R$ 255,1 bilhões

Agencia Estado

04 de julho de 2007 | 17h17

A Bolsa de Valores de São Paulo fechou com valorização pelo quinto dia seguido nesta terça-feira e renovou seu recorde, na esteira do bom desempenho do mercado internacional. Com a alta, o valor de mercado das empresas que negociam ações ultrapassou a marca histórica de R$ 2 trilhões. A lista é liderada por Petrobras, com valor de mercado de R$ 255,1 bilhões, seguida pela Companhia Vale do Rio Doce, com R$ 205 bilhões, segundo dados da Bovespa. O Ibovespa - índice que mede o desempenho das ações mais negociadas na Bolsa - ganhou fôlego com o cenário otimista e subiu 0,59%, tendo fechamento recorde aos 55.699 pontos. A sessão também registrou patamar inédito durante os negócios, aos 55.782 pontos.

Tudo o que sabemos sobre:
Bovesparecordeações

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.