finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Recuperação da Europa, EUA e Japão virá em 2010, diz OCDE

Organização projeta que EUA e zona do euro podem experimentar quatro trimestres consecutivos de contração

Nathália Ferreira, da Agência Estado,

13 de novembro de 2008 | 08h28

Os EUA irão arrastar muitos países desenvolvidos para uma longa recessão, afirmou a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), prevendo que a maior economia mundial será a mais atingida durante a desaceleração atual. Segundo o órgão, as economias da OCDE como um todo entraram em recessão e irão encolher 0,3% no próximo ano e se recuperar em 2010, com um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 1,5%. A OCDE projeta que tanto os EUA quanto a zona do euro podem experimentar quatro trimestres consecutivos de contração.   Veja também: PIB da Alemanha cai pela 2º vez consecutiva   Indústria da China reduz expansão para 8,2% em outubro Bolsas da Ásia caem após decisão do Tesouro dos EUA De olho nos sintomas da crise econômica  Lições de 29 Como o mundo reage à crise  Dicionário da crise  Entenda a disparada do dólar e seus efeitos   A economia dos EUA encolherá 2,8% no último trimestre deste ano e 2,0% nos primeiros três meses de 2009, e voltará a ter crescimento apenas no terceiro trimestre do próximo ano, prevê a OCDE.  Já a zona do euro terá uma recessão mais amena, com contração de 1,0% e 0,8% do PIB no último trimestre deste ano e no primeiro de 2009, respectivamente, acredita a OCDE. A economia japonesa irá encolher por apenas seis meses e se recuperar novamente no primeiro trimestre de 2009.   Segundo o órgão, os problemas duradouros nos mercados financeiros mundiais e o declínio dos preços de moradias são os principais motivos da desaceleração, e a volta ao crescimento não acontecerá de forma rápida. "Essa certamente não é uma recessão em formato V [de rápida recuperação]", disse Jorgen Elmeskov, economista-chefe da OCDE, em entrevista, alertando que a turbulência nos mercados irá pesar sobre a economia até 2010. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
OCDEcrise nos EUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.