Recuperação da zona do euro é gradual, diz membro do BCE

A recuperação da zona do euro é gradual e os riscos continuam, principalmente no setor financeiro e por conta de uma possível alta nos preços das commodities, disse o membro do Conselho Executivo do Banco Central Europeu, Lorenzo Bini Smaghi, nesta sexta-feira.

REUTERS

04 de dezembro de 2009 | 12h02

O BCE não vê grandes riscos de inflação, ou riscos de deflação, disse ele, acrescentando que as expectativas de inflação estão bem ancoradas.

"Nossa previsão é bem cautelosa, nós não vemos grandes pressões inflacionárias ao longo dos próximos dois anos", disse Smaghi em um painel de discussão em um evento da Universidade de Chicago em Londres.

O BCE deu um passo em direção à retirada de estímulos na quinta-feira ao descrever planos de começar a cortar medidas de emergência implementadas para combater a crise financeira. Ele manteve as taxas de juros em 1 por cento.

O BC europeu também elevou suas previsões para crescimento econômico no ano que vem, mas indicou que a inflação permaneceria controlada nos próximos dois anos.

(Reportagem de Jessica Mortimer e Tamawa Desai)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROBCERECUPERACAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.