Recuperação do Royal Bank of Scotland está adiantada, diz presidente

O Royal Bank of Scotland (RBS) está bem à frente em seu plano de recuperação, afirmou o presidente-executivo da instituição nesta terça-feira, acrescentando que o banco parcialmente nacionalizado pode ver riscos políticos aumentando antes de eleição britânica que ocorre este ano.

REUTERS

12 Janeiro 2010 | 12h32

"Estamos bem a frente de onde eu achava que estaríamos. Não escorregamos em tantas cascas de banana como nós achávamos que poderíamos", afirmou Stephen Hester, em audiência parlamentar sobre bancos britânicos resgatados.

"Isso me encoraja a acreditar que podemos cumprir todas as metas ambiciosas que definimos para a recuperação do RBS", acrescentou.

O RBS está a dois terços do caminho de reduzir seu balanço em linha com o plano de ter reduzir o tamanho da divisão de banco de investimento pela metade, o cerne da maior parte dos problemas ocorridos com a instituição durante a crise financeira, disse Hester.

Ele afirmou que a recuperação do grupo ajudará o governo a cumprir objetivo de vender a participação de 84 por cento que possui na instituição.

(Por Clara Ferreira Marques)

Mais conteúdo sobre:
BANCOS RBS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.