Juros

E-Investidor: Esperado, novo corte da Selic deve acelerar troca da renda fixa por variável

Recuperação econômica não virá sem mercados estáveis

Em uma rara mensagem direta ao povo americano, o presidente do Federal Reserve (Fed), Ben Bernanke, defendeu as ações do governo para reforçar o sistema bancário, dizendo que uma recuperação econômica não vai acontecer até que o sistema financeiro se estabilize.

AE-DOW JONES, Agencia Estado

15 de março de 2009 | 21h00

Bernanke também fez uma forte censura a alguns em Wall Street, dizendo que "a era da abundância acabou". "Eu gostaria de dizer ao povo americano que eu tenho toda confiança de que esta economia vai se recuperar de uma forma forte e sustentada", disse Bernanke em uma entrevista que será transmitida esta noite no programa "60 Minutes".

De sua parte, o Fed "vai fazer tudo o que for possível para dar suporte a esta recuperação", disse Bernanke. Contudo, "esta recuperação não vai acontecer até que os mercados financeiros e os bancos se estabilizem", ressaltou.

A entrevista de hoje é a primeira de um presidente do Fed em mais de duas décadas. "É um momento extraordinário", disse Bernanke. "Esta é uma chance para eu falar diretamente para os EUA."

Bernanke não disse durante a entrevista se espera que a taxa de desemprego vai ou não alcançar os dois dígitos, mas afirmou que ela vai subir do seu nível atual de 8,1%, a mais alta em 25 anos.

Tudo o que sabemos sobre:
economiaFedEua

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.