Recuperação em 2010 é 'boa hipótese', diz Trichet

Em conferência em Paris, presidente do Banco Central Europeu diz que 2009 será um ano 'muito difícil'

Nathália Ferreira, da Agência Estado,

19 de janeiro de 2009 | 11h53

O presidente do Banco Central Europeu, Jean-Claude Trichet, disse nesta segunda-feira, 19, que está confiante de que a economia global irá se recuperar novamente após 2009. Em conferência da resseguradora de crédito Coface, em Paris, ele afirmou que 2009 será "muito difícil", mas é uma "boa hipótese para se trabalhar" que a economia irá se recuperar em 2010. Veja também:De olho nos sintomas da crise econômica Dicionário da crise Lições de 29Como o mundo reage à crise  Trichet observou que o conselho do BCE espera crescimento econômico da União Europeia e do mundo inferior à previsão feita em dezembro.  Nesta segunda, a Comissão Europeia revisou para baixo sua previsão para o Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro este ano, para uma contração de 1,9%. Em novembro passado, o braço executivo da UE havia estimado uma expansão de 0,1% para este ano, mas alertou que uma contração de 1% era possível caso os mercados financeiros continuassem instáveis. Para todos os 27 países que fazem parte da UE, a Comissão espera agora uma contração de 1,8% do PIB este ano, ante a estimativa de expansão de 0,2% feita em novembro. "Com os eventos ocorrendo a alta velocidade nos mercados financeiros no ano passado, o impacto sobre a economia real tornou-se mais pronunciado", disse a comissão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.