Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Recuperação global está mais forte, afirma G-8

O grupo das oito nações mais industrializadas (G-8) afirmou hoje que a situação econômica global está melhorando e a recuperação está se tornando mais ampla. "A recuperação global está se fortalecendo e se tornando mais sustentável", afirmou o G-8 no comunicado final do encontro de dois dias dos líderes dos países. "Entretanto, os riscos de desaceleração permanecem e os desequilíbrios internos e externos ainda são uma preocupação".

CYNTHIA DECLOEDT, Agencia Estado

27 de maio de 2011 | 11h08

O comunicado destacou o "agudo aumento" e "a excessiva volatilidade" dos preços das commodities (matérias-primas), que ameaçam a saúde da economia mundial, apesar dos acontecimentos de abril dos mercados que parecem ter sinalizado uma interrupção no rali global dos preços de energia e produtos agrícolas básicos.

O G-8, que inclui os três maiores membros da zona do euro, disse que a Europa deve continuar enfrentando sua crise de dívida "com determinação" e buscar uma "rigorosa consolidação" e reformas estruturais para colocar as finanças públicas sob controle.

O comunicado disse ainda que os Estados Unidos "irão aplicar um programa claro e crível de consolidação fiscal de médio prazo, condizente com as considerações de criação de emprego e crescimento econômico". Ao mesmo tempo, o comunicado diz que o Japão deve focar na sustentabilidade das finanças públicas depois de lidar com as necessidades mais imediatas da reconstrução, originadas do desastre natural e nuclear de março. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
G-8reuniãoeconomiarecuperação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.