Recursos para infra-estrutura vêm na hora certa, diz Roberto Rodrigues

O ministro da Agricultura considera que os recursos para infra-estrutura que estão sendo liberados pelo governo federal chegam na hora certa. Para ele, só mesmo a partir de maio, quando acaba a safra de verão e começa a estiagem, é possível fazer obras em estradas, consideradas por Rodrigues como o principal gargalo para o escoamento da safra. "As obras demoram, mas o dinheiro chega na hora. Eu insisti muito e trabalhei muito para isso", disse hoje o ministro, durante a abertura oficial da Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação - Agrishow 2004, em Ribeirão Preto (SP).Rodrigues voltou a afirmar que os gargalos de logística são a pororoca da agricultura, "já que você produz, não tem como escoar e acaba vindo tudo em cima de você", completou. Lei de BiossegurançaO ministro da Agricultura pedirá amanhã, durante o Fórum Nacional dos Secretários da Agricultura na Agrishow, que os respectivos titulares das pastas nos estados brasileiros trabalhem junto aos senadores para que estes aprovem o projeto de Lei da Biossegurança. O projeto, entre outras coisas, regulamenta o cultivo e a comercialização dos alimentos transgênicos no Brasil. "Vou pedir que os secretários trabalhem junto aos senadores dos seus Estados para agilizar esse projeto", disse o ministro à Agência Estado. Rodrigues afirmou ainda que outro assunto a ser tratado na reunião de amanhã, prevista para as 8h30, será a ampliação das negociações internacionais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.