Rede de supermercados Econ é vendida para CBA

O Econ, rede de supermercados, no modelo loja descontos (hard discount) foi vendida esta semana para a CBA, maior empresa de alimentos e cestas básicas do País. A CBA também atua no varejo, com o modelo loja de descontos na rede D´Hoje, com 10 pontos-de-venda. Com 84 lojas, o Econ era controlado pelo fundo de investimentos Nexus, do Bank of America e, segundo comentários no mercado, não estava com bons resultados. Com a aquisição a rede da CBA ficará com 94 lojas e será presidida por Oswaldo Carrijo, ex-executivo da rede Smart, do atacadista Martins. O valor da venda não foi revelado e Carrijo não informou os planos da empresa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.