Redução de tarifas DDD e DDI entra em vigor quinta-feira

As reduções das tarifas nas ligações interurbanas e internacionais da Embratel, Telefônica e Telemar determinadas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) começarão a vigorar próxima quinta-feira. As três concessionárias publicaram hoje, em jornais de circulação nacional, as tabelas com os novos preços, no mesmo dia em que a Anatel publicou as reduções no Diário Oficial.Pela lei do setor de telecomunicações, as mudanças nas tarifas só podem ser aplicadas 48 horas depois que os novos preços forem publicados pelas empresas em jornais de grande circulação. A Brasil Telecom, que também teve suas tarifas de DDD e DDI reduzidas, informou que publicará amanhã o anúncio com a nova tabela de preços. Assim, a queda nas tarifas da empresa começará a valer na sexta-feira.Na média, as tarifas de ligações interurbanas foram reduzidas em 2,52%. Já as chamadas internacionais feitas pela Embratel cairão, em média, 9,97%. Os preços efetivamente cobrados dos clientes, porém, variam muito, em virtude da aplicação de um mecanismo conhecido como "excursor", por meio do qual as empresas aplicam reajustes diferenciados em suas ligações, de acordo com as distâncias e os horários das chamadas, mantendo, porém, a redução média na cesta de seus serviços estabelecida pela Anatel.No caso da Telefônica, por exemplo, as ligações DDD feitas da capital paulista para qualquer parte do País no horário comercial (de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 14h às 18h) não terão nenhuma redução. Para compensar, outras tarifas terão fortes reduções, como as ligações DDD para locais situados a menos 50 quilômetros da capital, da meia-noite às 6h. Nesse caso, o preço do minuto cairá em mais de 50%, de R$ 0,03611 para R$ 0,01740.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.