Redução do etanol na gasolina está em estudo, confirma Lobão

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse nesta terça-feira, 10, que sua pasta está estudando juntamente com o Ministério da Agricultura a possibilidade de alterar a mistura do etanol na gasolina. Há algumas semanas está sendo discutida no governo a ideia de reduzir essa mistura de 25% para 20%, de modo a injetar mais etanol no mercado, forçando assim uma redução de preço.

LEONARDO GOY, Agencia Estado

10 de novembro de 2009 | 13h13

"Ontem tive uma reunião com vários produtores de etanol. Estamos avaliando. Cair de 25% para 20% é uma possibilidade, mas nenhuma decisão foi tomada", disse o ministro. Lobão também admitiu que está preocupado com o atraso na liberação da licença ambiental prévia do projeto das hidrelétricas de Belo Monte do rio Xingu (PA). Pelo cronograma original do governo, o documento deveria ter sido liberado no dia 26 de outubro. "Todo atraso ambiental para questões dessa magnitude me preocupa", afirmou o ministro.

Tudo o que sabemos sobre:
etanolLobãopré-sal

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.