Refeição fora de casa é 24,05% de gasto com alimentação

A família brasileira gasta 24,05% do total de sua despesa média mensal em alimentação em refeições realizadas fora de seu domicílio. O dado consta da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) - 2002-2003, divulgada hoje pelo IBGE, que também calcula um gasto de R$ 73,14 na despesa média mensal familiar em alimentação no ato de "comer fora de casa". No total de gastos com Alimentação, o instituto calcula que as famílias tenham uma despesa média de R$ 304,12 ao mês. Isso faz com que R$ 230,98, ou 75,95% do total, seja o gasto médio da família brasileira em refeições "dentro de casa". As famílias da região Sudeste são as que mais realizam refeições fora de casa, com participação de 26,91% no total de suas despesas com Alimentação sendo utilizadas para este fim, seguidas pelas famílias da região Centro-Oeste (24,46%); da região Sul (23,25%); da região Nordeste (19,52%) e da região Norte (19,10%).O valor médio mensal utilizado pelas famílias para refeições fora de casa, na Região Sudeste, é de R$ 89,34. Este montante é maior do que a média nacional; 75% acima do registrado no Nordeste (R$ 51,17); e 54% superior ao observado na região Norte (R$ 57,95).Quando o IBGE analisa as refeições levando em conta as classes de renda, as diferenças são significativas. Em famílias com renda média mensal de até R$ 400, o valor médio gasto em refeições fora de casa, por mês, é de R$ 17,55 - valor que representa 11,81% do total da despesa com alimentação das famílias nesta classe de renda (R$ 148,59). Já em famílias com renda média acima de R$ 4.000 mensal, o montante utilizado para comer fora do domicílio é de R$ 245,56 - cerca de 37,05% do total dos gastos com Alimentação das famílias que têm esta renda (R$ 662,72).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.