Refeição fora de casa é o maior vilão da inflação

Os principais vilões da inflação em 2008 são velhos conhecidos dos consumidores brasileiros e atendem pelo nome de refeição fora de casa, colégios, pão francês e aluguel. Segundo economistas, esses itens estão sendo reajustados porque a demanda aquecida abriu espaço para os repasses de aumentos de custos no País. Dos 384 itens pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para o cálculo do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), apenas 20 foram responsáveis por 1,84 ponto porcentual, ou 63% da inflação acumulada de 2,88% de janeiro a maio deste ano.Mais do que apenas culpada pela inflação corrente, a pressão desse grupo traz consigo o perigo de contaminação da inflação futura. Entre essas influências, o primeiro lugar ficou com a refeição fora de casa, com aumento acumulado de 6,43% e contribuição de 0,24 ponto porcentual para a taxa acumulada no ano. Em seguida vêm os colégios (4,52% e 0,21 ponto); o pão francês (10,38% e 0,20 ponto) e o arroz (25,75% e 0,20 ponto). As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

AE, Agencia Estado

19 de junho de 2008 | 09h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.