Reformas 'dolorosas' em Portugal têm resultados--Berlim e Lisboa

Os ministros das Finanças de Alemanha e Portugal afirmaram nesta quarta-feira, após se reunirem em Berlim, que as dolorosas reformas econômicas promovidas por Lisboa estão produzindo resultados encorajadores, com melhoria da competitividade e gastos do governo agora sob controle.

Reuters

19 de setembro de 2012 | 13h14

"O ajuste econômico português está provando ser um processo exigente e doloroso, pedindo grandes sacrifícios da população, mas os resultados são encorajadores", afirmaram o alemão Wolfgang Schaeuble e o luso Vitor Gaspar em comunicado conjunto.

"A competitividade está melhorando, os gastos do governo estão agora sob controle e o déficit orçamentário estrutural diminuiu significativamente", acrescentou a nota.

(Reportagem de Stephen Brown)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUROPORTUGAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.