Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Região Sul registra recorde de consumo de energia

A região Sul do País voltou hoje a registrar recorde no consumo de energia elétrica.Segundo dados preliminares do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) a carga (consumo mais perdas) no Sul atingiu10.987 MW às 19h03m. Foi a terceira vez de quebra de recorde na região nos últimos 30 dias, mas os técnicos do ONS aindaconsideram "prematuro" afirmar que isso seria um bom indicador de retomada da atividade econômica. O recorde tem sidoobservado em momentos de "pico" e uma das razões pode ser a seca que atinge o Sul, quando é normal o aumento do consumojá que coincide com o retorno das pessoas do trabalho enquanto muitas empresas comerciais e industriais ainda estão emfuncionamento. Na avaliação dos técnicos do ONS só dentro de 15 a 20 dias será possível identificar melhor se o consumo atualé resultante de causa específica ou se sinaliza uma retomada mais consistente do consumo e da atividade econômica.De qualquer forma, além do consumo instantâneo (picos), o consumo médio no Sul nos primeiros sete dias da semana ficoubem acima do observado nos últimos meses. Até o dia 7 o consumo ficou em 8.225 MW médios, o que representa aumento de1,79% sobre a mé dia de março último, que já havia batido o recorde no consumo. Em relação à média de abril do ano passado,a média dos primeiros dias deste mês indica crescimento de quase 14%, pelos dados do ONS. Esse aumento do consumo coincide com uma piora no regime de chuvas no Sul, o que está levando a uma redução gradativado índice de ocupação dos reservatórios da região. Ontem, por exemplo, a ocupação dos reservatórios no Sul caiu para apenas53,36% da capacidade total, o que já preocupa os técnicos do ONS. No final de março do ano passado, os reservatórios do Sulestavam em 87,97%. O baixo nível dos reservatórios da região, inclusive, impediu que o governo brasileiro autorizasse aexportação de energia elétrica das hidrelétricas do Sul para a Argentina, como chegou a ser cogitado inicialmente. O ONScontinua fazendo transferências de grandes blocos de energia do Sudeste para o Sul para preservar os reservatórios. Hoje, porexemplo, foram transferidos 2.949 MW médios do Sudeste para o Sul.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.