bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Regulador dos EUA aprova sistema de bateria do Boeing Dreamliner

Reguladores dos Estados Unidos aprovaram nesta sexta-feira um novo sistema de bateria para o avião da Boeing 787 Dreamliner, em um passo crucial para que o jato de alta tecnologia volte a operar, depois de ter os voos suspensos em janeiro por conta do superaquecimento das baterias.

Reuters

19 de abril de 2013 | 17h50

A Administração Federal de Aviação (FAA, na sigla em inglês) disse que aprovou um pacote de mudanças detalhadas, um movimento que permite a Boeing emitir um boletim de serviço e fazer os reparos para a frota de 50 aeronaves de oito companhias aéreas ao redor do mundo.

"Na próxima semana, a FAA irá emitir instruções aos operadores para fazer as mudanças no avião e irá publicar a diretiva final que permitirá ao 787 voltar a operar com as modificações no sistema de baterias", disse a agência.

"A FAA irá pedir para as empresas aéreas que operam o 787 a instalar sistemas de contenção e ventilação para os sistemas principal e auxiliar de baterias, e substituir as baterias e seus carregadores com componentes modificados".

(Por Alwyn Scott)

Tudo o que sabemos sobre:
AEREASBOEINGBATERIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.