Regulamentado empréstimo a aposentados com desconto em folha

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) regulamentou nesta terça-feira, mediante instrução normativa, o empréstimo com desconto em folha para os aposentados e pensionistas. Para obter juros mais baratos nos bancos, a solicitação do financiamento terá que ser feita pelo próprio segurado. O valor da prestação mensal não poderá exceder a 30% do benefício líquido.Caberá ao próprio INSS descontar o valor do empréstimo do contra-cheque do segurado e repassá-lo ao banco. O aposentado ou pensionista não poderá mudar de instituição financeira enquanto estiver pagando as prestações mensais do financiamento. O que ele pode fazer é, antes de obter o crédito, alterar o seu benefício bancário para aquela instituição que estiver oferecendo condições mais vantajosas no empréstimo.A instrução normativa do INSS não trata do prazo do financiamento nem dos juros, que estará a cargo de cada banco. Apenas determina regras que devem ser seguidas pelo sistema bancário na sua relação com a Previdência Social. Pela instrução normativa, a Previdência avisa aos bancos que é obrigatório o fornecimento de informações relativas aos empréstimos e que elas serão repassadas aos segurados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.