bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Rejeitado pedido do DEM para retirar MP da pauta

O plenário da Câmara dos Deputados rejeitou nesta terça-feira à noite um pedido apresentado pelo Democratas (DEM) para retirar a Medida Provisória dos Portos (MP 595/2012) de pauta. A proposta foi rejeitada por 285 votos contrários, apenas sete favoráveis e ainda ocorreram duas abstenções. Com isso, os deputados, após um dia de intensas negociações e adiamento de duas sessões extraordinárias, poderão finalmente começar a apreciar o mérito do texto.

RICARDO BRITO, Agencia Estado

14 de maio de 2013 | 19h12

DEM, PSDB e PPS posicionaram-se contra a análise da medida provisória com o argumento de que a Casa não deveria votar a matéria em razão de, na semana passada, o líder do PR ter levantado suspeitas de que estariam havendo "negociatas" para a aprovação da proposta.

Contudo, na hora do voto, poucos foram os parlamentares que seguiram a orientação dos partidos para derrubar a sessão de votação da MP. Ainda assim, a oposição vai insistir para tentar levar até depois da meia noite desta terça a sessão de votação da MP dos Portos, de forma a inviabilizar toda a articulação do governo em favor da medida. A MP perde a eficácia na quinta-feira e ainda tem de ser aprovada pelo plenário do Senado.

Tudo o que sabemos sobre:
MP dos PortosCâmaraDEM

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.