Relação entre a dívida pública e o PIB deve fechar abril em 42%, diz BC

Apesar do déficit recorde em março, chefe da instituição acredita que setor público cumprirá meta de superávit primário de 3,3% do PIB

Fernando Nakagawa e Adriana Fernandes, da Agência Estado,

30 de abril de 2010 | 11h42

O chefe do Departamento Econômico do Banco Central, Altamir Lopes, informou nesta sexta-feira, 30, que a projeção oficial para o indicador que mede a relação entre a dívida líquida do setor público e o PIB deve fechar abril em 42%, em patamar inferior ao observado em março, quando o número ficou em 42,4%. Em entrevista, ele informou que o déficit primário de março deste ano, que ficou em R$ 216 milhões, foi o pior resultado para o mês desde o início da série histórica iniciada em dezembro de 2001.

 

Apesar do mau resultado do mês de março, Altamir demonstrou confiança de que o setor público irá cumprir a meta de superávit primário de 3,30% do PIB. Segundo ele, o aumento da arrecadação nos últimos meses indica que as contas públicas devem reagir nos próximos meses no acumulado em 12 meses. Essa melhora, diz ele, já vai começar a ser percebida mais claramente em abril ou maio. 

Tudo o que sabemos sobre:
PIBdívida públicaAltamir Lopes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.