Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Relação entre Chávez e Bush abala comércio bilateral

A animosidade entre a Casa Branca e o presidente da Venezuela, Hugo Chavez, atinge o comércio entre os dois países. Nesta sexta-feira, os Estados Unidos denunciaram o governo venezuelano na Organização Mundial do Comércio (OMC) por estar dificultando a entrada de produtos norte-americanos no mercado interno. Ao contrário do que ocorre no setor militar, o comércio não permite ações unilaterais e os Estados Unidos estão sendo obrigados a respeitar o direito internacional para enfrentar as exigências de Chavez.Segundo um comunicado dos Estados Unidos, as barreiras venezuelanas impedem que os produtos agropecuários exportados por Washington, como uvas, frango, produtos lácteos, carne e soja, tenham um acesso facilitado ao mercado do país. No caso do milho, os Estados Unidos argumentam que as barreiras estão gerando uma queda de 60% nas vendas do produto ao mercado da Venezuela.De acordo com os norte-americanos, os venezuelanos exigem licenças para entrar no país e não contam com regras claras que digam em quais circunstâncias uma importação é permitida. A Casa Branca ainda se queixa de que a Venezuela tem respondido com lentidão aos pedidos de licenças para exportar feitos pelos Estados Unidos. "Esperamos que a Venezuela tome essa queixa com seriedade e modifique suas regras para que esteja de acordo com as normas da OMC", afirmou em um comunicado o representante de comércio dos Estados Unidos, Robert Zoellick.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.