Relação entre etanol e gasolina avança para 70,95% em SP

Segundo a Fipe, aumento do preço do alcool se deve à baixa produtividade da safra passada de cana de açúcar

Maria Regina Silva, da Agência Estado,

18 de novembro de 2011 | 15h13

A relação entre o etanol e a gasolina acelerou da primeira para a segunda semana de novembro na cidade de São Paulo, passando de 70,40% para 70,95%, segundo dados da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) divulgados nesta sexta-feira, 18.

Para especialistas, o uso do etanol deixa de ser vantajoso em relação à gasolina quando o preço do derivado da cana-de-açúcar representa mais de 70% do valor da gasolina. A vantagem é calculada considerando que o poder calorífico do motor a etanol é de 70% do poder dos motores a gasolina. Entre 70% e 70,50%, é considerada indiferente a utilização de gasolina ou etanol no tanque.

Em outro tipo de comparação feita pela Fipe, o preço médio do etanol apresentou variação positiva de 0,45% na segunda quadrissemana do mês (período de 30 dias terminado em 15 de novembro), ante aumento de 0,26% na primeira quadrissemana (período de 30 dias encerrado em 7 de novembro). "É um aumento que ainda não é muito expressivo, mas estamos em período de entressafra de cana-de-açúcar. E a produtividade da safra passada foi baixa, o que elevou os preços ", disse o coordenador-adjunto do Índice de Preços ao Consumidor (IPC), Rafael Costa Lima.

Costa Lima salienta que, em princípio, a relação etanol/gasolina de quase 71% na segunda semana de novembro pode ser vantajosa para o motorista que abastece seu veículo com gasolina. "Mas é importante que o consumidor conheça o seu carro, pois a taxa de conversão pode variar de automóvel para automóvel", disse. Segundo ele, a expectativa é de que a relação entre os preços dos dois combustíveis não varie muito até o fim do ano ou até a próxima colheita de cana, em meados de maio.

Hoje a Fipe informou que a taxa geral da inflação registrada pelo IPC na capital paulista passou de 0,53% para 0,59% entre a primeira e a segunda quadrissemana de novembro. O resultado ficou dentro das estimativas de 21 instituições do mercado financeiro consultadas pelo AE Projeções, que eram de 0,49% a 0,64%, e levemente acima da mediana encontrada, de 0,57%.

Tudo o que sabemos sobre:
FipeetanolgasolinaSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.