Relator do orçamento diz que relatório do Morgan é especulativo

O deputado federal e secretário geral do PT, Jorge Bittar (RJ), que foi relator do orçamento federal deste ano, disse há pouco que o relatório divulgado ontem pelo banco JP Morgan é especulativo. "Eles querem derrubar os preços dos papéis brasileiros para comprar na baixa porque sabem que vão ser seguidos. O relatório cheira a especulação", afirmou, ao deixar a sede da Associação Comercial do Rio de Janeiro, onde teve encontro hoje com empresários.Bittar declarou que a arrecadação no primeiro trimestre deste ano foi superior ao esperado e que, com base nestes recursos e nos que estão previstos na lei do Orçamento, o governo tem condições de dar aumento real ao salário mínimo. "Acredito que o presidente Lula dará um salário mínimo superior a R$ 270,00", disse o deputado. Jorge Bittar lembrou ainda que, no início do ano, houve uma discussão sobre se seria necessário contigenciar o orçamento e ele defendeu que não seria preciso. "Como de fato não está sendo", afirmou. Ele disse também que há R$ 3,6 bilhões de recursos orçamentários que podem ser usados pelo governo, tanto para dar o aumento ao mínimo quanto para pagar partes do mais novo esqueleto que apareceu no reajuste de aposentados pela correção feita na época do início do Plano Real. Bittar observou que este valor não inclui o excesso de arrecadação deste primeiro trimestre.O deputado defendeu ainda que o reajuste dos servidores públicos foi dado com responsabilidade fiscal e que o PT tem sido responsável nesta área, tanto, argumentou, que tem até recebido muitas críticas por isto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.