Relatório do BC prevê inflação de 5,2% em 2010

O Banco Central (BC) divulgou hoje um aumento da previsão do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) no cenário de referência, para um patamar acima do centro da meta de inflação para 2010 e 2011. Segundo o Relatório Trimestral de Inflação (RTI), a estimativa oficial para o IPCA este ano subiu de 4,6% para 5,2%. Para 2011, a estimativa para a trajetória do IPCA subiu de 4,3% para 4,9%. Em ambos os anos, a meta de inflação do governo é de 4,50%.

FERNANDO NAKAGAWA E FÁBIO GRANER, Agencia Estado

31 de março de 2010 | 09h10

No cenário de referência, as projeções são construídas considerando os juros constantes de 8,75% ao ano em todo o período e a cotação do câmbio em R$ 1,80. O RTI também trouxe a estimativa para expansão do Produto Interno Bruto (PIB) em 2010, que permaneceu em 5,8% - mesmo patamar estimado pelo documento anterior, publicado em dezembro de 2009.

Ainda em relação à inflação, no cenário de mercado a previsão para o IPCA em 2010 subiu de 4,5% para 5,2%. Para 2011, a oscilação foi menor e a projeção para o IPCA subiu de 4,3% para 4,4%. No cenário de mercado, as estimativas são feitas conforme a trajetória esperada pelos analistas de mercado para a Selic (a taxa básica de juros da economia) e o câmbio.

Tudo o que sabemos sobre:
inflaçãoIPCArelatórioBC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.