Juros

E-Investidor: Esperado, novo corte da Selic deve acelerar troca da renda fixa por variável

Relatório do governo indica alta do combustível em até 10%

O relatório bimestral de avaliação de receitas e despesas do governo federal, enviado segunda-feira ao Congresso, reconhece que os preços dos combustíveis deverão subir entre 5% e 10% nos próximos meses em função do aumento do petróleo no mercado internacional. A estimativa de elevação nos preços não está exposta de forma direta no documento, mas foi feita por técnicos da Comissão Mista de Orçamento do Congresso com base no quanto o governo espera arrecadar a mais com os royalties do petróleo em 2004.As novas projeções de receita do governo prevêem que a parte do governo federal nas compensações financeiras (90% delas devidas aos royalties do petróleo) chegará a R$ 11,6 bilhões até o final do ano, o que representa um aumento de R$ 458,7 milhões em relação ao último relatório orçamentário.Na explicação do aumento dessa receita, o texto do relatório diz que se deve ?à elevação do preço do barril petróleo tipo Brent no mercado internacional?. O petróleo tipo Brent, ou ?leve?, como é conhecido, é importado e por isso é afetado tanto pelos preços externos quanto pelo câmbio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.