Relatório reduz previsão de PIB em 2003 para 0,40%

O Ministério do Planejamento revisou para 0,40% a estimativa de crescimento do PIB brasileiro para 2003. A nova previsão consta do relatório encaminhado ao Congresso Nacional sobre o desempenho das receitas e despesas do orçamento no quinto bimestre do ano (setembro/outubro). No relatório anterior, do quarto bimestre, a previsão de crescimento do PIB era 0,98%. A previsão do Ministério do Planejamento está menor do que a estimativa feita pelo Banco Central no último relatório de inflação, que projetava um crescimento do PIB de 0,6%.O relatório divulgado hoje pelo Ministério do Planejamento não explica os motivos que o levaram para a revisão do crescimento. Contém apenas um parágrafo que afirma que a estimativa atual de parâmetros do orçamento apresenta uma menor expectativa de crescimento do PIB em relação a estimativa do quarto bimestre, não obstante a expectativa de recuperação no último trimestre, dado os últimos números de crescimento na produção industrial. Estimativa para o câmbioO relatório também reestima o parâmetro para câmbio. A taxa média em 2003 caiu de R$ 3,16 por dólar (no quarto bimestre) para R$ 3,09, no quinto bimestre. A expectativa de Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) ? índice inflacionário usado como referência para a meta de inflação ? em 2003 também foi alterada, passando de 9,50% para 9,70%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.