coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Renault muda comando no País

A Renault do Brasil terá novo presidente em março. Jean-Michel Jalinier, atualmente no comando da empresa na Rússia, substituirá o francês Jérôme Stoll. No País há três anos, período em que a marca saiu de uma participação de mercado de 2,8% para 4,3% e teve seu primeiro resultado positivo, Stoll foi convocado para dirigir a divisão europeia, na qual o grupo enfrenta sérias dificuldades. Além do cargo de diretor-geral da região Europa, ele assumirá a vice-presidência comercial do grupo e será responsável pela divisão mundial de veículos utilitários."O Brasil normalmente é um campo de provas e os executivos que passam por aqui são valorizados", afirma Marcelo Cioffi, da consultoria PricewaterhouseCoopers. Jalinier tem 55 anos e está no grupo Renault desde 1985. Após passagens por várias unidades e diferentes cargos na França, assumiu como diretor-geral da empresa na Rússia há seis anos.

Cleide Silva, O Estadao de S.Paulo

13 de fevereiro de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.