Renault-Nissan lança novos modelos da Datsun

O presidente do grupo, o franco-brasileiro Carlos Ghosn, apresentou nesta terça-feira, 17, na Indonésia, os novos modelos Go e o Go+  

Carlo Cauti, especial para o Estado de S. Paulo,

17 de setembro de 2013 | 18h28

SÃO PAULO - O presidente do grupo Renault-Nissan, o executivo franco-brasileiro Carlos Ghosn, apresentou nesta terça-feira, 17, em Jacarta, na Indonésia, os novos modelos da Datsun, o Go e o Go+.

De acordo com os projetos da empresa franco-japonesa, o veículo será produzido na planta de Cikampek, localizada na província indonésia de Java Ocidental, e comercializado a partir de 2014.

A Datsun original era uma marca japonesa, que atuou desde 1931 até 1981. Foi relançada recentemente pela Renault-Nissan para reforçar a posição da montadora no segmento de carros populares dos mercados emergentes.

As previsões da Renault-Nissan preveem um aumento da capacidade da planta de Cikampek, que em 2016 triplicará sua capacidade atual, chegando a 250 mil unidades produzidas por ano.

A imprensa prevê que o Go chegue a custar cerca de US$ 6,7 mil.

Uma das vantagem dos carros Datsun é que utilizam a mesma plataforma do Nissan March e do sedã Versa.

A estratégia da empresa é atingir a crescente classe média dos mercados emergentes, em particular na China, Índia, Rússia e África do Sul.

Segundo Ghosn, o mercado brasileiro "também está dentro da estratégia da Datsun e é fundamental para conquistarmos mais consumidores".

Existe a hipótese de que a Datsun monte o Go na planta que a Nissan está realizando no Rio de Janeiro.

Tudo o que sabemos sobre:
carros

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.