Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Renda e gastos pessoais nos EUA sobem em outubro, mas preocupam

Os gastos pessoais dosnorte-americanos cresceram 0,2 por cento em outubro, abaixo doesperado, enquanto que os preços subiram em ritmo moderado,informou o Departamento de Comércio dos Estados Unidos nestasexta-feira, em um relatório que pode fortalecer aspreocupações sobre a saúde da economia do país. A renda pessoal cresceu 0,2 por cento no mês passado,abaixo da expansão de 0,4 por cento registrada em setembro. Economistas consultados pela Reuters esperavam um ganho de0,3 por cento nos gastos, e um aumento de 0,4 por cento narenda. O índice de preços de gastos com consumo (PCE) registroualta de 0,3 por cento. O núcleo do PCE, que exclui da conta osalimentos e energia, subiu 0,2 por cento, em linha com asestimativas de economistas. O PCE é uma medida de inflação contida no relatório derenda e gastos dos norte-americanos bastante acompanhada peloFederal Reserve.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.