Tiago Queiroz
Tiago Queiroz

Rendimento da caderneta de setembro está em 0,4690%

Confira o que vai acontecer com a poupança se a Selic continuar caindo

Regina Pitoscia, Especial para O Estado, O Estado de S.Paulo

22 Setembro 2017 | 05h00

O rendimento da caderneta está em 0,4690%, desde o dia 8 de setembro para crédito em outubro. E vai permanecer nesse nível até a próxima reunião do Comitê de Política Monetária, que acontece no dia 25 do mês que vem. Esse retorno, se repetido em 12 meses, corresponde a uma remuneração de 5,78% ao ano, o que representa a 70% da Selic atual, de 8,25% ao ano.

Só para lembrar, sempre que a taxa básica da economia for inferior a 8,5% ao ano, a remuneração da caderneta vai corresponder a 70% dessa taxa mais a variação da Taxa Referencial, a TR. Só que pelo atual nível dos juros, a variação da TR está muito próxima de zero, o que faz a rentabilidade da poupança permaneça em 0,4690%, podendo oscilar pouca coisa para cima. Isso poderá acontecer se houver uma ligeira variação positiva para a TR, em função do número de dias úteis da conta de um mês para o outro.

Essas reuniões do Copom ocorrem em intervalo aproximado de 45 dias e nelas é anunciada a Selic que valerá para o período seguinte. Assim, no próximo encontro, marcado para outubro, será anunciada a taxa básica que estará em vigor até o dia 6 de dezembro, sendo que o Banco Central já sinalizou que o próximo corte dos juros deverá ser mais leve. Isso permite supor que a redução da Selic será inferior a 1 ponto percentual, que foi aplicado nas últimas reuniões.

++ Bolsa ou renda fixa? Saiba como investir seu dinheiro durante a crise

A partir dessa informação, as apostas passaram a ser de uma queda de 0,75 ponto percentual, o que levaria a Selic para 7,50% ao ano. Se isso se confirmar, a remuneração anual da caderneta será de 5,25%, o que corresponde a 0,43% ao mês ou, considerando 4 casas decimais, de 0,4273%.

Esse seria, então, o rendimento da caderneta a partir do dia 26 de outubro até 6 de dezembro deste ano.

A seguir, as projeções de remuneração da poupança, de acordo com o nível da Selic, que pode chegar a 7% ao ano no fim deste ano.

* Mais a TR quando variação for positiva

Contas antigas. Todo dinheiro depositado em caderneta até o dia 3 de maio de 2012, nas chamadas contas antigas, terá assegurada a remuneração de 0,5% de juros mensais, ou 6,17% ao ano, mais variação da TR. O critério que determina a rentabilidade em 70% da Selic é valido para contas abertas depois dessa data. Em outras palavras, para as chamadas contas novas não existe mais a garantia de rendimento mínimo de 0,5% ao mês de juros.

A seguir, acompanhe o rendimento de setembro que chegará à conta do aplicador em outubro.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.