Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Rentabilidade das vendas externas cai 2,7% em outubro

O índice de rentabilidade das exportações brasileiras, calculado pela Fundação Centro de Estudos de Comércio Exterior (Funcex), diminuiu 2,7% em outubro em relação a setembro, acumulando retração de 8,9% nos últimos 12 meses.De acordo com informações do Boletim de Comércio Exterior da Funcex, divulgado ontem, a desvalorização de 5,2% do dólar em outubro ante setembro e o aumento de 0,5% nos custos de produção foram compensados apenas parcialmente pelo aumento médio de 3,1% nos preços dos produtos exportados, justificando a queda do indicador de rentabilidade.A cotação média do dólar em outubro ficou em R$ 1,80, enquanto em setembro foi de R$ 1,90. De acordo com a Funcex, com a estabilidade do índice de preços norte-americanos e o aumento de 1% no índice de preços domésticos, a taxa de câmbio deflacionada pelo índice de preços no atacado sofreu uma valorização real de 6,1% em relação ao dólar e de 5,1% ante uma cesta de 13 moedas utilizadas nas transações comerciais brasileiras.Enquanto isso, as taxas de câmbio deflacionadas pelo índice de preços ao consumidor sofreram valorização em outubro de 5,9% em relação ao dólar e de 4,9% ante à cesta de 13 moedas, na comparação com o mês de setembro.Já a queda acumulada em 12 meses é de 17,4% sobre o dólar e de 12,8% ante ao conjunto de 13 moedas.

Rodrigo Petry, O Estadao de S.Paulo

23 de novembro de 2007 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.