Repasse da CDE para distribuidoras não é empréstimo, dizem fontes do governo

O repasse de recursos da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) às distribuidoras de energia elétrica será uma antecipação e não empréstimo, afirmaram fontes do governo à Reuters nesta quarta-feira.

Reuters

20 de março de 2013 | 17h07

A devolução dos recursos pelas distribuidoras de energia à CDE será feito em até cinco anos, com correção monetária mas sem juros, informaram as fontes.

(Por Leonardo Goy; texto de Anna Flávia Rochas)

Mais conteúdo sobre:
ENERGIAREPASSEGOVERNO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.