Repsol e Petrobras anunciam descoberta de gás natural no Peru

Dimensões da estrutura da reserva permitem a acomodação de cerca de 56 bilhões de m³, segundo estimativas

HÉLIO BARBOZA, Agencia Estado

14 de janeiro de 2008 | 14h08

A Repsol YPF anunciou nesta segunda-feira, 14, a descoberta de uma reserva de gás natural no Peru, com um volume estimado de 56 bilhões de metros cúbicos. A companhia informou que a descoberta foi feita no campo Kinteroni X1, na província de Cuzco, explorado por um consórcio do qual participa também a estatal brasileira Petrobras. A Repsol tem uma participação de 41% no consórcio. A Petrobras tem 35% e a Burlington Resources Peru, os 24% restantes. Segundo a Repsol, os testes de produção mostraram uma capacidade de produção de 365 milhões de barris/ano.  Em comunicado, a Petrobras confirmou a descoberta, afirmando que as primeiras estimativas mostram que as dimensões da estrutura permitem a acomodação de aproximadamente 56 bilhões de metros cúbicos. Os testes de produção ainda estão em andamento, mas até o momento registraram vazão de 1 milhão de metros cúbicos de gás e 198 metros cúbicos de condensados por dia, diz o texto. A reserva possui extensão superior a 22 quilômetros e aproximadamente 115 metros de reservatórios líquidos de gás e condensados. A estatal ressalta no comunicado que a nova jazida está próxima aos blocos 58 e 110, onde já possui atividades exploratórias com 100% de participação. A companhia lembra também que, em conjunto com a Repsol, negocia a compra da participação da Burlington. O processo de aquisição estaria dependente da aprovação das autoridades peruanas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.