Repsol vai vender postos no Equador para a Primax

A companhia espanhola de petróleo Repsol assinou um acordo para vender seus postos de serviços no Equador para o grupo peruano-chileno Primax por US$ 47 milhões, de acordo com um comunicado da companhia. A Repsol afirmou que a venda precisa ser aprovada pelo Ministério de Mineração e Petróleo do Equador e que isso deve acontecer durante o terceiro trimestre.O acordo inclui a venda de 123 postos e os negócios de lubrificantes e de combustíveis de aviação da empresa naquele país. A Repsol vai manter um contrato de comercialização e distribuição com a Primax para os negócios de lubrificantes e um contrato comercial e de assistência técnica para o segmento de aviação, de acordo com o comunicado.No Brasil, a Repsol é parceira da Petrobras na exploração do campo Pão de Açúcar/Carioca, na Bacia de Santos. As informações são da Dow Jones.

DANIELLE CHAVES, Agencia Estado

05 de junho de 2008 | 19h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.