Requião diz que vai zerar tarifa de energia

O governador Roberto Requião (PMDB), anunciou hoje, em entrevistas à Rádio CBN e à Rede Paranaense de Comunicação, retransmissora da Globo, em Curitiba, que estão sendo ultimados os preparativos para dar energia de graça a quem consome até 100 quilowatt-hora por mês, uma promessa de campanha. Segundo o governador, serão beneficiadas cerca de 700 mil pessoas, reunidas em 200 mil habitações. Em sua avaliação, custa mais caro para o Estado manter uma casa pobre sem energia elétrica, visto que há excesso, do que abrir mão dessa conta, em razão dos gastos com atendimento de saúde, principalmente em regiões onde o frio é intenso.O anúncio de Requião ocorre dois dias depois de ele ter desautorizado o reajuste de 15,27% na tarifa de energia elétrica da Companhia Paranaense de Energia (Copel), decisão que provocou acentuada queda no valor das ações da empresa. Segundo Requião, a sua decisão, em junho, de não conceder aumento autorizado de 25,27%, transformando-o em desconto para quem paga em dia, ajuda na saúde financeira da Copel, pois diminui a inadimplência, em torno de R$ 160 milhões, e a empresa cumpre sua função social. Ele afirmou que as tarifas só serão reajustadas quando for "absolutamente necessário", sendo precedido de explicações.

Agencia Estado,

22 de agosto de 2003 | 15h54

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.