André Dusek/Estadão
André Dusek/Estadão

Reservas de combustível se esgotam em mais de dez aeroportos do País

Em razão do racionamento do querosene de aviação, foram cancelados voos de partida e que pousariam no DF; total de aeroportos sem combustível chega a 14

Sandra Manfrini, O Estado de S.Paulo

25 Maio 2018 | 09h05
Atualizado 25 Maio 2018 | 22h01

BRASÍLIA - A Infraero informou que doze aeroportos sofrem com a falta de combustível por conta do quinto dia consecutivo de greve. No aeroporto de Brasília, a Inframerica orienta aos passageiros que, antes de irem para o Aeroporto, busquem informações com a sua companhia aérea. As equipes de atendimento da concessionária foram reforçadas para atender aos usuários. Mais cedo houve cancelamentos de voos domésticos e internacionais. Em nota, a concessionária Aeroportos Brasil Viracopos informa que, com a falta de queresone para abastecimento das aeronaves, pousos e decolagens foram restringidos a partir das 21h.

+ AO VIVO: Siga a greve dos caminhoneiros pelo Brasil

+ Perguntas e respostas sobre a manifestação dos caminhoneiros

 

 

 

+ WHATSAPP: como a paralisação dos caminhoneiros está afetando a sua vida?

"Apesar do agravamento da situação, ainda não há previsão de regularização do estoque de combustível. A concessionária aguarda a liberação dos caminhões", diz a nota da Inframerica. A empresa afirma que é fundamental a liberação dos caminhões bloqueados no protesto para a regularização do atendimento e das operações. 

O Aeroporto Internacional de Salvador, que até então vinha servindo de ponto de abastecimento para aeronaves provenientes de outros estados, nesse período de desabastecimento de combustível, já informou que pode começar a cancelar voos por falta de condições de abastecimento.  De acordo com a Vinci Airports, concessionária que administra o terminal aéreo, só há estoque de combustível até o próximo domingo, 27. 

Em nota, a empresa informou que em razão do fechamento de outros aeroportos no Nordeste, e do aumento dos pedidos de abastecimento na capital baiana, mudou a expectativa de autonomia.

No Aeroporto Internacional dos Guararapes/Gilberto Freyre, no Recife, entre a noite de ontem e a manhã de hoje, 18 voos foram cancelados por falta de combustível para o reabastecimento das aeronaves. Desse total, 12 voos da Azul Linhas Aéreas foram cancelados ontem e outros seis hoje.

A empresa que administra o Aeroporto Internacional Salgado Filho em Porto Alegre (Fraport) confirmou hoje que recebeu mais três carretas com combustível para abastecer os reservatórios. A Fraport informa que o aeroporto segue operando normalmente até a noite desta sexta-feira (25) sem restrições.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.