André Dusek/Estadão
André Dusek/Estadão

coluna

Fernanda Camargo: O insustentável custo de investir desconhecendo fatores ambientais

Reservas de combustível se esgotam em mais de dez aeroportos do País

Em razão do racionamento do querosene de aviação, foram cancelados voos de partida e que pousariam no DF; total de aeroportos sem combustível chega a 14

Sandra Manfrini, O Estado de S.Paulo

25 de maio de 2018 | 09h05
Atualizado 25 de maio de 2018 | 22h01

BRASÍLIA - A Infraero informou que doze aeroportos sofrem com a falta de combustível por conta do quinto dia consecutivo de greve. No aeroporto de Brasília, a Inframerica orienta aos passageiros que, antes de irem para o Aeroporto, busquem informações com a sua companhia aérea. As equipes de atendimento da concessionária foram reforçadas para atender aos usuários. Mais cedo houve cancelamentos de voos domésticos e internacionais. Em nota, a concessionária Aeroportos Brasil Viracopos informa que, com a falta de queresone para abastecimento das aeronaves, pousos e decolagens foram restringidos a partir das 21h.

+ AO VIVO: Siga a greve dos caminhoneiros pelo Brasil

+ Perguntas e respostas sobre a manifestação dos caminhoneiros

 

 

+ WHATSAPP: como a paralisação dos caminhoneiros está afetando a sua vida?

"Apesar do agravamento da situação, ainda não há previsão de regularização do estoque de combustível. A concessionária aguarda a liberação dos caminhões", diz a nota da Inframerica. A empresa afirma que é fundamental a liberação dos caminhões bloqueados no protesto para a regularização do atendimento e das operações. 

O Aeroporto Internacional de Salvador, que até então vinha servindo de ponto de abastecimento para aeronaves provenientes de outros estados, nesse período de desabastecimento de combustível, já informou que pode começar a cancelar voos por falta de condições de abastecimento.  De acordo com a Vinci Airports, concessionária que administra o terminal aéreo, só há estoque de combustível até o próximo domingo, 27. 

Em nota, a empresa informou que em razão do fechamento de outros aeroportos no Nordeste, e do aumento dos pedidos de abastecimento na capital baiana, mudou a expectativa de autonomia.

No Aeroporto Internacional dos Guararapes/Gilberto Freyre, no Recife, entre a noite de ontem e a manhã de hoje, 18 voos foram cancelados por falta de combustível para o reabastecimento das aeronaves. Desse total, 12 voos da Azul Linhas Aéreas foram cancelados ontem e outros seis hoje.

A empresa que administra o Aeroporto Internacional Salgado Filho em Porto Alegre (Fraport) confirmou hoje que recebeu mais três carretas com combustível para abastecer os reservatórios. A Fraport informa que o aeroporto segue operando normalmente até a noite desta sexta-feira (25) sem restrições.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.