Reservas internacionais têm alta de US$ 5 bi em janeiro

As reservas internacionais tiveram em janeiro um crescimento de US$ 5,247 bilhões, passando dos US$ 85,839 bilhões do final do ano passado para US$ 91,086 bilhões na quarta-feira, último dia do mês. Em igual mês de 2006, o incremento das reservas tinha sido de US$ 3,122 bilhões.Com o aumento durante o mês, as reservas ultrapassaram, pela primeira vez na história, os US$ 90 bilhões, na sexta-feira, dia 26. A elevação no primeiro mês de 2007 foi provocada pelos leilões diários de câmbio do Banco Central (BC) e pela entrada dos US$ 500 milhões captados pelo Tesouro Nacional na semana passada.O valor das reservas representa o total de moeda estrangeira (principalmente dólares, no caso brasileiro) mantido pelo BC, disponível para uso imediato. As reservas internacionais têm origem nos superávits do balanço de pagamentos: toda vez que há uma entrada de moeda estrangeira, o BC realiza o câmbio, ficando com os dólares e pagando os exportadores em reais. Quando há mais entradas de dólares que saídas, o BC acumula reservas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.