Pablo Pereira/Estadão
Pablo Pereira/Estadão

Restaurante de Eike Batista pega fogo no Rio de Janeiro

Bombeiros foram chamados para conter incêndio no restaurante chinês Mr. Lam, na Lagoa

O Estado de S. Paulo

12 Fevereiro 2015 | 10h45

RIO - Um incêndio atingiu na manhã desta quinta-feira, 12, o restaurante chinês Mr. Lam, fundado pelo empresário Eike Batista, na Lagoa (zona sul). Bombeiros do Humaitá foram acionados às 9h25 e controlaram o fogo.

Não há informações sobre vítimas. Criado por Eike Batista em parceria com o chef chinês Sik Chung Lam, o restaurante é um dos mais caros e sofisticados do Rio e fica de frente para a Lagoa Rodrigo de Freitas.


Também nesta manhã a Polícia Federal esteve na casa da ex-modelo Luma de Oliveira, ex-mulher de Eike, no Jardim Botânico (zona sul), e apreendeu três carros e outros bens como garantia de pagamento de dívidas da empresa de Eike. 

É a terceira operação da Polícia Federal em busca de bens da família. As ações foram determinadas pela Justiça para assegurar pagamento de indenizações, se Eike for condenado por crimes contra o mercado financeiro.

Mais conteúdo sobre:
Eike Batista

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.